sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Reconto Oral da Chapeuzinho Vermelho

O reconto;
Recontar quer dizer contar novamente, então o professor (a) deve contar a história e pedir que as crianças recontem, pode ser coletivo na sala todos, cada um dizendo uma parte, lembrando que o reconto não é a MORAL DA HISTÓRIA, é a recontagem mesmo do conto, a narrativa, com o máximo de fidelidade possível, conservando tempo e personagens.
O que o reconto incentiva?
Memória, percepção, atenção, treina a escuta, a ordem e o espaço dos fatos, a sequência das ações.
O reconto pode ser feito
Individual: sorteio de uma criança para recontar a história
Coletivo: Todos recontam a história
Com apoio de:
1. FIGURAS: Como é o caso deste da chapeuzinho
2.FRASES: Ordenar as frases através da sequencia de fatos do texto
3.Dramatização: escolher as crianças e colocar máscaras ou tarjetas indicando os personagens

O IMPORTANTE É O HÁBITO DO RECONTO ORAL, após o reconto oral a criança poderá fazer o reconto escrito, escrevendo no seu nível ou mesmo organizar um cartaz com a escrita coletiva do conto ditado pela turma com a professora como escriba.

Era uma vez uma menina tão doce e meiga, que todos gostavam dela. A avó, então, a adorava, e não sabia mais que presente dar a criança para agradá-la. xxxxUm dia presenteou-a com um chapeuzinho de veludo vermelho. xxxxO chapeuzinho agradou tanto à menina, que ela não queria mais saber de usar outro. Não o tirava nem para dormir. Por causa disso, ficou conhecida como Chapeuzinho Vermelho.


Certa manhã, a Mãe chamou-a e disse: xxxx- Chapeuzinho, leve este pedaço de bolo e essa garrafa de vinho para sua avó. Ela está doente e fraca, e isto vai faze-la ficar melhor.


- Vá logo e comporte-se pelo caminho e não invente de correr pela mata. Você pode cair e quebrar a garrafa de vinho, e ele é muito importante para a recuperação de sua avó. Chapeuzinho prometeu que obedeceria sua mãe, e pegando a cesta com o bolo e o vinho, despediu-se e partiu.


Sua avó morava no meio da floresta, distante uma hora e meia da vila. xxxxLogo que Chapeuzinho entrou na floresta, um Lobo apareceu na sua frente. xxxxComo ela não o conhecia nem sabia que ele era um ser perverso, não sentiu medo algum. xxxx- Bom dia Chapeuzinho - saudou o Lobo. xxxx- Bom dia, Lobo - ela respondeu. xxxx- Aonde você vai assim tão cedinho? xxxx- Vou à casa da minha avó. xxxx- E o que você está levando nessa cestinha?


- Minha avó está muito doente e fraca, e eu estou levando para ela um pedaço de bolo que a mamãe fez ontem, e uma garrafa de vinho. Isto vai deixá-la forte e saudável. xxxx- Chapeuzinho, diga-me uma coisa, onde sua avó mora? xxxx- A uns quinze minutos daqui. A casa dela fica debaixo de três grandes carvalhos e é cercada por uma sebe de aveleiras. Você deve conhecer a casa.


O Lobo pensou consigo: xxxx"Esta tenra menina é um delicioso petisco. Se eu agir rápido posso saborear sua avó e ela como sobremesa." xxxxEntão o Lobo disse: xxxx- Escute Chapeuzinho, você já viu que lindas flores há nessa floresta? Por quê você não dá uma olhada? Você não está ouvindo os pássaros cantando? Você é muito séria, só caminha olhando para a frente. Veja quanta beleza há na floresta.


- Quem está aí? - perguntou a velhinha. xxxxChapeuzinho então olhou a sua volta, viu a luz do sol brilhando entre as árvores, viu como o chão estava coberto com lindas e coloridas flores, e pensou: xxxx"Se eu pegar um buquê de flores para minha avó, ela vai ficar muito contente. E como ainda é cedo, eu não vou me atrasar." xxxxE, saindo do caminho, entrou na mata. E sempre que apanhava uma flor, via outra mais bonita adiante, e ia atrás dela. Assim, foi entrando na mata cada vez mais. xxxxEnquanto isso, o Lobo correu à casa da avó de Chapeuzinho e bateu na porta


- Vovó! Por que a senhora tem orelhas tão grandes? - perguntou então Chapeuzinho. xxxx- É para te ouvir melhor. xxxx- Vovó! Por que a senhora tem olhos tão grandes? xxxx- É para te ver melhor. xxxx- E suas mãos, vovó, por que são tão grandes? xxxx- São para te abraçar melhor. xxxx- Credo, vovó! Por que a senhora tem essa boca grande e horrível? xxxx- É para te comer melhor! - e dizendo isto o Lobo saltou sobre a indefesa menina e engoliu-a de um só bote. xxxxDepois que encheu a barriga, ele voltou à cama, deitou, dormiu, e começou a roncar muito alto. xxxx


Um caçador, que ia passando ali perto, escutou e achou estranho que uma velhinha roncasse tão alto. Então ele decidiu ir dar uma olhada. xxxxEle entrou na casa, e viu deitado na cama o Lobo que ele procurava há muito tempo. xxxxE o caçador pensou: xxxx"Ele deve ter comido a velhinha, mas talvez ela ainda possa ser salva. Não posso atirar nele." xxxxEntão ele pegou seu facão, e abriu a barriga do Lobo. Quando começou a cortar, viu surgir um chapeuzinho vermelho. Ele cortou mais, e a menina pulou para fora exclamando: xxxx- Eu estava com muito medo! Dentro da barriga do lobo estava muito escuro! xxxxE assim, a vovó foi salva também.


Então Chapeuzinho pegou algumas pedras grandes e pesadas e colocou dentro da barriga do lobo. xxxxQuando o lobo acordou e viu todos ali, tentou fugir. Mas as pedras estavam tão pesadas que ele caiu no chão e morreu. E assim, todos ficaram aliviados por se livrarem do perigo. xxxxO caçador pegou a pele do lobo. xxxxA vovó comeu o bolo e bebeu o vinho que Chapeuzinho havia trazido, e Chapeuzinho disse para si mesma: xxxx"Enquanto eu viver, nunca mais vou desobedecer minha mãe e desviar do caminho, nem andar na floresta sózinha e por minha conta." xxxx
FIM



Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket

Conto dos Irmãos Grimm
Os irmãos Grimm (em alemão Brüder Grimm), Jacob e Wilhelm Grimm, nascidos em 4 de Janeiro de 1785 e 24 de Fevereiro de 1786, respectivamente, foram dois alemães que se dedicaram ao registro de várias fábulas infantis, ganhando assim grande notoriedade. Também deram grandes contribuições à língua alemã com um dicionário (O Grande Dicionário Alemão - Deutsches Wörterbuch) e estudos de linguística, e ao estudo do folclore.

link para baixar a História na versão da Coleção Disquinho

6 comentários:

  1. Muito boa as orientações. Gostei e vou utilizá-las.

    Pauini - Amazonas

    ResponderExcluir
  2. Maravilhoso seu trabalho, amei de paixão
    PARABENS!!!!

    Professora Nilza
    de Taboão da Serra - SP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. poisé... também gostei...

      Excluir
  3. Excelente suas dicas sou mãe e alfabetizo meu filho.

    ResponderExcluir